Istanbul Properties For SaleIstanbul Properties one of the best investment opportunity in Europe.

Na última quinta-feira (16), 32 famílias de Ananindeua foram beneficiadas com o programa Cheque moradia, do Governo do Estado do Pará, coordenado pela Cohab, resultado de parceria com a Prefeitura Municipal, dentro do projeto de interiorização do programa. O Cheque Moradia já mudou a vida de mais cinco mil famílias paraenses somente em 2013.

Na solenidade, o Prefeito Manoel Pioneiro destacou a importância de um programa como este. “Agradeço primeiramente a Deus, depois ao Governador Simão Jatene e principalmente a minha equipe que escolheu cada um de vocês. Agradeço a Secretaria de Cidadania e Assistência Social e a Secretaria de Habitação que sempre se preocupou em melhorar a vida dos de quem vive na minha amada Ananindeua”.


“A prefeitura irá entrar com a parte técnica. Além de beneficiar as pessoas mais carentes, ela também irá movimentar a economia e o comercio do município. Essa é mais uma parceria entre o governo e a Prefeitura de Ananindeua” informou o Secretario de Habitação Isan Guimarães.


Segundo os critérios do programa habitacional, as famílias contempladas com o cheque moradia poderão investir o dinheiro somente em três modalidades: construção, melhorias e ampliação.

Na modalidade construção, 22 famílias receberam o valor total de R$ 111.600,00 e as outras 10 residências receberam o valor de R$ 49.500,00 para reformas, ampliação e melhorias de suas casas. Uma das residências será construída com adaptações para pessoa com deficiência (PCD). O valor entregue individualmente nesta primeira etapa é de em média R$ 8 mil reais e R$ 10 mil para residência de PCD.

“A partir do retorno do Governador Simão Jatene o programa foi ampliado para todos os municípios. A Prefeitura Municipal de Ananindeua foi uma das prefeituras a aderir a esse nosso foco de atendimento. Até antes da municipalização do projeto a PMA sempre foi uma parceira muito forte, sempre atendeu junto conosco as necessidades de habitação no município”, disse a Diretora de Relações com Clientes da Cohab, Bernardete Costa.

Ao todo serão aproximadamente R$ 160 mil em recurso entregues à população para o auxilio na compra de matérias de construção de residências de pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade


“É um grande avanço o que o Governo e a prefeitura estão fazendo pela gente. Muitas pessoas moravam em condições precárias. Eu, junto com todas essas famílias só temos a agradecer”, relatou Ivanilde Silva, cabelereira e moradora do Conjunto Guajará.

“Agora vou ter minha casa construída da forma adequada para minha locomoção. Sou cadeirante e tinha dificuldade de andar na minha própria residência. Esse beneficio veio em boa hora”, disse Rosivaldo Ferreira da Conceição, morador do Bairro do Aurá.

“Eu moro em dois compartimentos, esse cheque moradia é uma benção. Eu estou muito feliz. Hoje estou comemorando uma grande vitória, destacou dona Terezinha de Jesus, 63 anos e aposentada.

 


 Ana Paula Soares (Prefeitura de Ananindeua) e Rosa Borges (Ascom Cohab)

 Márcio Alves (Prefeitura de Ananindeua)

Publicado em Cheque Moradia

A assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre a Cohab e a Polícia Militar permitirá o lançamento de editais, a partir de dezembro, para a construção de quatro residenciais destinados à policiais militares. O termo foi assinado nesta sexta-feira, 29, na sede da Cohab, pela presidente da companhia, Noêmia Jacob e pelo Comandante Geral da PM, Coronel Daniel Bentes.

Segundo a Gerente Estratégica de Fomento Habitacional da Cohab, Cláudia Zaidan, os empreendimentos serão construídos em quatro terrenos pertencentes ao Fundo de Assistência Social da PM(FASPM), localizados nos municípios de Ananindeua, Marabá e Santarém e serão financiados pela Caixa Econômica e Banco do Brasil. "Em Ananindeua serão dois residenciais, cada um com 144 apartamentos. Teremos blocos com apartamentos de dois e três quartos. Em Marabá, o terreno fica próximo ao Aeroporto e em Santarém, a localização do terreno fica na Rua São Marcos", informou. Ao todo, serão cerca de 640 unidades habitacionais que deverão ser disponibilizadas para aquisição dos associados do FASPM. Os residenciais vão contar com complexo de lazer, quadra de esportes, salão de eventos, playground, e áreas verdes.

Noêmia Jacob, titular da Cohab prevê que a partir de 15 de dezembro os editais de convocação para cada empreendimento deverão ser lançados. O comandante da PM, Coronel Daniel Bentes fez uma avaliação da iniciativa que irá garantir a moradia para os policiais. "Havia um anseio da tropa por melhores condições de moradia e por meio dessa parceria com a Cohab esperamos atender essa necessidade. Teremos condições adequadas para o financiamento, de acordo com a faixa salarial do policial e além disso vamos estar atendendo essa demanda em três municípios: Ananindeua, Marabá e Santarém. É um passo muito grande", concluiu.

Estiveram ainda presentes no ato da assinatura do Termo de Cooperação Técnica o Chefe da Casa Militar, Coronel Fernando Noura, o Chefe do Gabinete Militar da Assembléia Legislativa, Coronel Hilton, o Diretor do FASPM, Tenente Coronel Hélio Silva, o assessor do FASPM, Capitão Ronaldo Monteiro e o assessor jurídico do FASPM, Luis Carlos, além da Gerente Estratégica de Fomento Habitacional da Cohab, Cláudia Zaidan.

 

 

 

 Rosa Borges

 Rosa Borges

Publicado em MCMV

Mais 78 famílias carentes receberam Cheque Moradia, na tarde desta terça-feira (6), na sede da Companhia de Habitação do Pará (Cohab). A maioria é de Belém e Ananindeua, na região metropolitana, e 24 são do município de Terra Alta, no nordeste do Estado. Com essa entrega, já são mais de 35 mil famílias atendidas desde que o programa foi criado, há dez anos, o que representa R$ 118 milhões em recursos liberados para a compra de material de construção.

"O sucesso do programa depende de como aplicamos os recursos. Acreditamos que esse é o primeiro passo para que se construam lares felizes", disse a presidente da Cohab, Noêmia Jacob. Leonidas Pantoja, 74 anos, uma das beneficiadas com o Cheque Moradia, informou que vai construir sua casa em um terreno no bairro do Coqueiro, em Ananindeua, onde vai morar com a filha e um neto. "Quando a gente envelhece, precisa ter o nosso cantinho", enfatizou.

Mário Sérgio Amaral também recebeu o benefício, e segundo a esposa dele, Cleide Amaral, sem esse recurso seria impossível a família ter condições de fazer a reforma da casa, no conjunto Carmelândia, onde moram com três filhos. "Ela alaga quando chove, e não tínhamos como fazer os reparos necessários", informou. O marido tem dificuldades para se locomover desde que sofreu um acidente de trabalho.

A vereadora de Terra Alta Vânia da Silva Pinto acompanhou a comitiva das famílias do município. Ela destacou a iniciativa do governo do Estado em dar melhores condições de moradia para a população carente. "É uma grande oportunidade para essas famílias morarem com mais dignidade, por isso é muito boa a iniciativa do governo em possibilitar isso para essas pessoas, que não teriam condições financeiras para reformarem suas casas", disse.

 

 

 

Rosa Borges

Rosa Borges

 

 

Publicado em Cheque Moradia

Ajustes no sistema do Programa Cheque Moradia fez com que a Cohab suspendesse temporariamente as inscrições ao benefício.
A Companhia detectou que haviam inscrições em duplicidade e está fazendo uma depuração, além de promover uma reorganização no atendimento dos interessados.

A data para reinício das inscrições será divulgada posteriormente pela Cohab por meio do site da empresa e veículos de comunicação.

Mas na sede da Companhia, em Belém, continuam sendo atendidos os beneficiados que desejam fazer a prestação de contas das notas fiscais da compra de material e os com direito a segunda etapa do benefício habitacional.

"Além disso, nossas entregas e visitas domiciliares não pararam. No final de julho entregamos mais de 700 cheques para servidores públicos e pessoas com deficiência e nesta terça(06), faremos uma entrega para 78 famílias, sendo 24 do município de Terra Alta. As demais são de Belém e Ananindeua", informou a coordenadora do programa na Cohab, Nágela Noronha.

Outras entregas deverão ocorrer ainda em agosto nos municípios do interior do Estado que aderiram recentemente ao programa habitacional, promovendo a ampliação da interiorização do Cheque Moradia.

 

 

 

 

Rosa Borges

Arquivo Cohab

 

Publicado em Cheque Moradia

A Cohab realizou na última quarta-feira, 05, mais uma entrega do Cheque Moradia. Dessa vez, 75 famílias dos municípios de Belém, Ananindeua, Benevides e Santa Izabel do Pará  foram beneficiadas com a aquisição de material de construção.

Para essa entrega, o Governo do Estado liberou R$ 750 mil em recursos. "Essas pessoas receberam o benefício nas modalidades melhoria, ampliação e construção de imóvel, de acordo com os critérios do programa", informou a coordenadora do Cheque Moradia na Cohab, Nágela Noronha, que também é responsável pela capacitação dos técnicos que ficarão responsáveis pelo Programa Cheque Moradia nos municípios do interior do Estado. Esse é mais um passo para a interiorização do programa habitacional que atende servidores públicos assim como famílias carentes.

Uma outra clientela priorizada pelo programa são as vítimas de incêndios e sinistros. A Cohab esteve na última terça-feira(04), no bairro do Guamá, para fazer o atendimento de três famílias que tiveram suas casas incendiadas no dia 28 de maio, sendo que uma delas teve perda total do imóvel.  A casa em madeira incendiada, pertencente a Sérgio Cardoso dos Santos, que morava sozinho, deverá receber o benefício na modalidade construção. As demais receberão os recursos nas modalidades reforma e ampliação. As famílias deverão agora formalizar junto à Cohab o pedido do benefício, de posse da documentação necessária.

Interiorização - Esta semana uma equipe da Secretaria de Habitação do município de Soure passou pela capacitação do Programa Cheque Moradia, na sede da Cohab em Belém. Mais de 35 municípios já aderiram ao programa. Segundo o Secretário Municipal de Habitação de Soure, Paulo Sérgio de Sousa Nascimento, "esse programa é de fundamental importância porque veio para fortalecer as famílias que não teriam condições de construir uma casa. Esse é um projeto excelente do Governo do Estado, e veio para melhorar a vida das família, para que possam ter acesso à moradia", reforçou.

Para José Luciano Neto, da secretaria municipal de Habitação de Soure e que participou também do treinamento, o Cheque  Moradia se destaca por atender às necessidades de inúmeras famílias, que segundo ele precisam desse benefício."Através do programa podemos dar uma alavancada na moradia das famílias que têm mais necessidade", declarou. Ele avaliou ainda o treinamento da Cohab. "Foi muito bom, pois pudemos tirar todas as nossas dúvidas".

 

 

 

 

 

Rosa Borges

Alexandre Macedo / Camila França

 

 

Publicado em Cheque Moradia

A Cohab promoveu nesta sexta-feira, 28, a última entrega de Cheques Moradia para 22 famílias do município de Ananindeua. A entrega ocorreu na sede da Cohab e foi presidida pela Diretora de Relações com o Cliente da Cohab, Bernardete Costa. "A casa própria é o maior sonho das famílias e esse programa ajuda na melhoria da moradia, dando oportunidade de resgatar a cidadania", declarou a representante da Companhia de Habitação.

Entre as agraciadas estava a dona de casa Daiana Cristina Duarte, de 34 anos. Ela reside numa casa de madeira, de apenas um cômodo com o filho e a avó de 89 anos. A única renda da família é a aposentadoria que a avó dela recebe. "Não teríamos condição de construir nossa casa de alvenadira sem essa ajuda do governo. Esse presente caiu do céu. Eu via na televisão as pessoas recebendo o Cheque Moradia e ficava pensando: será que um dia vai chegar a minha vez? E finalmente esse dia chegou para mim", declarou.

As vinte e duas famílias beneficiadas receberam valores para compra de material de construção a fim de realizarem melhorias, reformas ou construção de moradia, totalizando R$166.580,00 em recursos.

Com essa entrega, que contou com a participação da secretária de Habitação de Ananindeua, Zinda Nunes, a Cohab contabiliza quase 3.300 famílias beneficiadas com o programa Cheques Moradia no ano de 2012. Segundo a coordenadora do programa na Cohab, Nágela Noronha, "foi necessário realizamos diversos mutirões para darmos conta do atendimento dessas famílias que carecem de moradia digna", acrescentou. A próxima entrega do benefício está prevista para a primeira quinzena de janeiro de 2013. Novas inscrições estarão abertas à população a partir do mês de fevereiro.

 

 

Texto e Fotos: Rosa Borges

Publicado em Cheque Moradia

A Cohab acaba de publicar os editais para contratação de empresas que ficarão responsáveis pela construção de mais de duas mil novas unidades habitacionais nos municípios de Belém e Ananindeua, por meio do Programa Minha Casa Minha Vida. Os empreendimentos serão destinados à famílias com renda até R$ 1.600,00.

"Com esse lançamento, a Cohab resgata o seu papel de agente fomentador da habitação no Estado do Pará. Estamos estudando ainda a possibilidade de fazer o mesmo nos municípios em que nenhuma unidade habitacional tenha sido construída por meio do Minha Casa Minha Vida, assim como foi o caso de Belém", declarou a titular da Cohab, Noêmia Jacob.

Ela destaca a participação do governo estadual em disponibilizar os terrenos para a construção das novas moradias. "Desde que foi lançado, em 2009, o programa não havia viabilizado nenhuma moradia no município de Belém, o que será possível graças à iniciativa do Governo do Estado em disponibilizar terrenos para a construção dos empreendimentos", informou.

Segundo a presidente da Companhia de Habitação, as novas moradias estarão localizadas nos bairros de Icoaraci e Tenoné (Belém) , Cidade Nova V e VI e Loteamento Uirapuru , em Ananindeua. Em Icoaraci serão 1.720 unidades habitacionais, no Tenoné 280 e em Ananindeua 364, totalizando 2.364 novas moradias.

Após a seleção das construtoras e apresentação do projeto básico, as empresas terão 90 dias para assinatura de contrato junto ao agente financeiro, que poderá ser o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica. "Para esses agentes financeiros, as construtoras terão que apresentar os projetos técnicos e executivos, atendendo aos critérios do programa e às normativas do banco", explicou a gerente estratégica de Fomento Habitacional da Cohab, Cláudia Zaidan.

Os editais para contratação das construtoras foram publicados no dia 11 e 16 deste mês no Diário Oficial do Estado.

 

 

Texto: Rosa Borges

Foto: Alexandre Macêdo

Publicado em MCMV
/*