Cheque Moradia

Cheque Moradia (134)

Moradores do município de Tucuruí foram beneficiados, na segunda-feira (21), com a entrega de 150 Cheques Moradia.

A diarista Luciana Oliveira disse que o benefício vai tirá-la do aluguel, pois com o terreno que já tem, ela poderá construir sua casa. “Como o dinheiro do trabalho nunca sobra, esse cheque vai facilitar muito. Vai realizar meu sonho”, disse.

Cem moradores já receberam o Cheque moradia em Tucuruí, no valor de R$ 18 mil. Na tarde desta segunda, mais 150 famílias foram beneficiadas.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes Rocha, que presidiu a entrega do benefício habitacional, ressaltou a luta dos movimentos socais em prol da moradia e destacou as inaugurações do Estado em Novo Repartimento e Tucuruí. “O mais importante é dar condições para essas famílias viverem com qualidade de vida. Estamos lutando para reduzir o déficit habitacional no Estado”, concluiu.

Texto: Danielle Ferreira (Agência Pará)

Fotos: Cláudio Santos (Agência Pará)

Na ultima quinta-feira (04/07), o Governo do Estado do Pará, junto com o diretor presidente da Companhia de Habitação do Estado do Pará - COHAB, João Barral, entregaram Cheques Moradia no município de Vigia de Nazaré, no nordeste paraense, 115 famílias foram contempladas, totalizando um valor de R$ 1.425.900,00.

O governo também inaugurou a nova Escola Tecnológica, o município agora conta com um dos maiores polos profissionalizante do Estado e ofertará 1.440 vagas aos estudantes de Vigia e de municípios próximos.

Para o prefeito de Vigia, Mauro Alexandre, todo esse desenvolvimento é uma grande oportunidade para a população. Ele destacou a parceria com o Estado e a União. “Estamos muito satisfeitos. Essa é uma prova de que as três esferas de governo (municipal, estadual e federal) estão unidas para trazer à população vigiense desenvolvimento”.

 

Fonte: Agência Pará

O governador Simão Jatene junto com o Diretor Administrativo da COHAB, Walber Milhomem e a Gerente do Programa Cheque Moradia da COHAB, Nágela Noronha, entregaram neste final de semana 21 e 22 dejunho, Cheques Moradia no sudeste do Estado do Pará.

Na manhã de sábado, 51 cheques foram entregues para famílias do município de Jacundá, com o recurso total de R$ 606.900,00.

Suzete Oliveira Moraes, uma baiana de 40 anos que mora em Jacundá desde os 18, cria os três filhos com dificuldade, trabalhando como doméstica, foi uma das beneficiadas pelo Cheque. Com simplicidade, ela disse que gostaria de agradecer não apenas pelo recurso garantido pelo programa, mas pela possibilidade de mudança que isso representa para ela e sua família. "Eu nunca perdi a esperança de um dia realizar o sonho de ter a minha casa e agora eu vejo que valeu a pena acreditar”, afirmou.

Dando continuidade a sua agenda ainda na tarde de sábado, Breu Branco foi outro município contemplado com o Programa Habitacional, onde o governador e os representantes da COHAB entregaram 124 Cheques Moradia.

O lavrador Valdir Santos, de 48 anos, foi um dos beneficiados com o Cheque Moradia. Casado com Lucicleia Santos, de 39 anos, que possui paralisia nas pernas, com quem tem uma filha pequena, ele disse que o recurso será utilizado para adaptar a residência da família às necessidades da esposa. “O que é mais urgente é a modificação do banheiro, porque ela sofre muito pra poder entrar nele com a cadeira de rodas. Se não fosse esse cheque, eu nunca ia realizar esse sonho”, ressaltou o lavrador, depois de receber o benefício das mãos de Jatene.

Jatene lembrou que, dez anos atrás, quando propôs a criação do Cheque Moradia, em seu primeiro mandato, muita gente achou que o programa não daria certo. "Hoje, ele se tornou tão importante que é citado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social do Pará como um dos vetores de redução do déficit habitacional do Pará", ressaltou. O vice-governador Helenilson Pontes detalhou que ao longo dos dez anos de existência do programa já foram entregues 40 mil Cheques, o que equivale a quatro mil benefícios por ano. "Isso representa uma média surpreendente", disse.

O Cheque Moradia é uma das mais importantes ferramentas de transformação social do Governo do Estado. A Agenda Mínima, lançada em 2011, previa um investimento de R$ 80 milhões em quatro anos neste programa. Mas já em 2013 a meta foi superada, 60% das prefeituras paraenses aderiram ao programa e o número de beneficiários passou de 40 mil.


 Elck Oliveira – SECOM e Amanda Gomes – COHAB
 Rodolfo Oliveira/Ag. Pará.

Curuçá e Terra Alta, no nordeste paraense, são os mais novos municípios beneficiados pelo programa Cheque Moradia, do governo do Estado. Na tarde desta sexta (13), o governador Simão Jatene visitou as duas cidades para entregar 86 cheques do programa habitacional, que em dez anos já mudou a vida de mais de 40 mil famílias no Pará.

Em Curuçá, além do Cheque Moradia – programa coordenado pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab) –, Jatene também assinou a ordem de serviço para a implantação de dez quilômetros de asfalto no município, incluindo as zonas urbana e rural, e entregou uma viatura especializada e 48 uniformes para a Guarda Municipal, em um parceria entre a prefeitura e a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

“Para o povo do Curuçá, essas ações promovidas pelo governo são de extrema importância, pois mostra na prática a presença do Estado no nosso município”, destacou o subcomandante da Guarda Municipal, Pablo da Silva.

Morador de uma comunidade rural de Curuçá, o pescador Hamilton Paixão foi um dos 46 beneficiados pelo programa habitacional no município. Emocionado, ele disse que agora vai realizar um sonho de infância. “O meu maior desejo era morar em uma casa de alvenaria digna. Isso era um sonho que eu tinha desde pequeno, mas, graças ao programa, esse sonho agora é uma realidade. Uma realidade que certamente vai mudar minha vida”, disse.

Durante a cerimônia de entrega dos cheques – acompanhada por grupos de carimbó do município –, Simão Jatene parabenizou todos os beneficiados e afirmou que ações como essas só são possíveis graças à ajuda da população. “As pessoas sempre dizem ‘obrigado’ durante a entrega do Cheque Moradia, mas o obrigado mesmo deve ser dito pelo Estado, sempre. É o governo que deve agradecer a cada um de vocês pela contribuição, pois essas coisas só acontecem porque as pessoas pagam os impostos. São os impostos dessas pessoas que transformam esse programa em realidade”, ressaltou o governador.

Realização – Após os cumprimentos protocolares em Curuçá, o governador seguiu para a cidade de Terra Alta, onde entregou mais 40 cheques moradia e assinou duas ordens de serviço, uma para a implantação do sistema de abastecimento de água do município, no valor de R$ 835 mil, e outra para a execução do asfaltamento de quatro quilômetros de vias públicas. “Não tenho dúvida que, com o apoio do governo do Estado, essas obras vão mudar completamente a vida da população de Terra Alta”, afirmou o prefeito do município, Gilvandro Nascimento.

Beneficiada por um cheque no valor de R$ 7,8 mil, referente à primeira parte do programa habitacional, a aposentada Rosilda Ferreira quebrou o protocolo e dançou no momento em que recebia a ordem de pagamento das mãos do governador. “Ter uma casa própria era um sonho antigo, que eu já tinha até perdido as esperanças de realizar, mas com essa graça que recebi do programa Cheque Moradia, eu não poderia comemorar de outra forma. A minha dança foi para agradecer e mostrar para todo o povo de Terra Alta o quanto estou feliz e sorrindo à toa”, revelou.

Com a entrega dos cheques em Curuçá e Terra, cresce para 114 o número de cidades beneficiadas pelo programa no Estado. Com dez anos de existência, o Cheque Moradia é hoje uma das cinco ações prioritárias da política habitacional do governo do Estado, por meio da Cohab. Ao longo de uma década, o programa se tornou um importante instrumento de combate ao déficit e inadequação habitacional, proporcionando às famílias paraenses a possibilidade de construir, reformar ou ampliar sua habitação, por meio de transferência de renda.

 Adison Ferrera / SECOM

 Cristiano Martins / AG.PARÁ.

O município de Salinópolis, no nordeste paraense, recebeu nesta sexta-feira (6) a visita do governador Simão Jatene, que assinou a ordem de serviço para a reforma, ampliação e iluminação do Estádio Alacid da Silva Nunes e o asfaltamento para os bairros Atlântico I, Pedrinhas, São José, Guarani e Novo. Moradores do Bairro Novo, um dos mais carentes do município, ainda receberam 98 Cheques Moradia. O evento ocorreu no ginásio poliesportivo da cidade.

O governador entregou o cheque moradia para Marlene do Socorro Lopes do Lago, 39 anos, portadora de deficiência física e mãe de um filho com problemas de saúde. Ela recebeu o recurso e agradeceu pelo benefício. “Com o salário que eu ganho não poderia fazer as reformas e adequação necessárias na casa para mim e meu filho. Estou feliz em ter sido contemplada com essa benção”, disse ela, que é agente administrativa da prefeitura.

Outro beneficiado com o cheque foi o deficiente visual José Raimundo Barros e Silva, 51 anos. Ele perdeu a visão em um acidente de trabalho e teve que ser aposentado. “Quem precisa de ajuda e recebe, se sente feliz. Estou feliz por poder reformar a casa em que moro com minha família”. Os 98 cheques moradia totalizam recursos de R$ 900 mil.

Segundo o presidente da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), João Barral, mil cheques deverão ser entregues ainda este mês para Belém e municípios da região metropolitana. “Além destes, temos 1,7 mil prontos para serem entregues em outros municípios”, frisou. O vice-governador Helenilson Pontes também ressaltou a importância do Cheque Moradia. “Esse programa criado pelo governo do Estado há dez anos já mudou a vida de mais de 40 mil famílias”, salientou, informando que foram investidos cerca de R$ 250 milhões no Cheque Moradia desde a sua criação.

O prefeito de Salinópolis, Paulo Henrique, agradeceu ao governo pelos benefícios levados para o município e a parceria com o Estado. “A reforma no estádio vai beneficiar os jovens esportistas, mas vai trazer também para Salinas,  jogos profissionais. O asfaltamento também é importante porque melhora a vida das pessoas que residem em áreas difíceis”, disse, lembrando que, nesta gestão, já foram feitos mais de 40 quilômetros de asfalto.

JANISE ABUD - SECOM

 ANTÔNIO SILVA/ AG. PARÁ

O governador Simão Jatene chegou por volta de 13h desta sexta-feira (9) ao Centro de Convivência de Xinguara, município localizado a cerca de 900 quilômetros de Belém, para entregar recursos do CredCidadão, assinar ordens de serviços de asfaltamento e urbanização de avenidas do município e também de vias das cidades vizinhas de Ourilândia do Norte e Floresta do Araguaia.


Xinguara preparou uma recepção festiva para o governador. No Centro de Convivência, ele foi recepcionado com as apresentações do Grupo de Danças da Melhor Idade e pelas crianças e adolescentes do Serviço Municipal de Convivência. As apresentações emocionaram o governador e o vice-governador Helenilson Pontes, que já estava na cidade, onde entregou recursos do Cheque Moradia.


À comitiva do governador, juntaram-se os prefeitos de Ourilândia do Norte, Sapucaia, Santana do Araguaia e a prefeita de Água Azul do Norte, municípios que também compõem a microrregião de Redenção, na mesorregião do sudeste do Pará.


O governador saudou a todos e destacou a importância do microcrédito CredCidadão não somente para movimentar a economia municipal, como também para proporcionar geração de renda e oportunidade de trabalho para as pessoas de baixa renda. “A felicidade estampada no rosto das pessoas é o melhor prêmio que um governador pode receber”, disse. “É quando você valoriza a sua condição de servidor público, servindo às pessoas através de uma gestão responsável”, acrescentou.


Simão Jatene liberou, nesta visita, cerca de R$ 140 mil do CredCidadão em benefício de 50 famílias. Foram contempladas seis associaões de produtores rurais, feirantes, além de dezenas de mototaxistas. Os recursos serão utilizados em pequenos empreendimentos, como montagem de confecções, venda de cosméticos, abertura de bares, lanchonetes e lavajatos.


O Estado mantém, na região, diversas obras em andamento e entregou mais de R$ 1 milhão em Cheques Moradia. Em Xinguara, estão sendo pavimentados 10 quilômetros de vias, as avenidas Seis, Oito e Dez do bairro de Itamarati. Em Água Azul do Norte, mais de 5 mil alunos serão beneficiados com a construção de uma escola com 12 salas de aula. Outra obra importante da região é a pavimentação de 44 quilômetros da rodovia PA-449, a vicinal do Bambu, no trecho entre Floresta do Araguaia e a BR-155. Depois de almoçar com autoridades da região, o governador Jatene retornou a Redenção, para assinar ordens de serviço e repassar mais recursos do CredCidadão.


 Paulo Silber (SECOM)
 Fernando Nobre/ AG. PARÁ

O Governador Simão Jatene visitou a cidade de Tracuateua, no nordeste do Estado, na tarde deste sábado (17), para assinar convênios de cooperação com a prefeitura, anunciar obras de infraestrutura e entregar 43 Cheques Moradia.

Lucileide Melo, atendida pelo Cheque Moradia, exibia o documento ao lado do largo sorriso no calorento Salão da Marujada de Tracuateua, onde cerca de 300 pessoas se acomodaram para ver o governador. “Moro numa casa emprestada, de favor, com minha filha pequena”, contou Lucileide, 24 anos, que trabalha como diarista. ”Com o cheque posso ter a minha casa. Estou muito agradecida”, registrou ela. “O Cheque Moradia faz uma revolução silenciosa na vida das pessoas”, classificou o vice-governador Helenilson Pontes.

“Esse dinheiro muda tudo. Vai mudar a minha vida e melhorar a vida da minha família. Finalmente, posso dar um pouco mais de conforto para os meus filhos”, disse Aldecira da Silva, 30 anos, três filhos, trabalhadora doméstica que vive numa casa em condições precárias à avenida Nazaré, na periferia da cidade. “Dá para reformar a casa todinha”, festejou.
Além do Cheques Moradia, Simão Jatene assinou os mais recentes convênios dos 15 já celebrados com a prefeitura para a execução de obras estruturantes locais. Cerca de R$ 1,5 milhão será aplicado na construção da Praça de Eventos. “É uma praça completa, com quiosques, área de lazer e de esportes e arquibancadas. Uma obra muito importante para todos nós”, considera o prefeito da cidade, Aluísio Barros.

Outra obra fundamental é a urbanização da Avenida Mário Nogueira, que juntamente com o asfaltamento de diversas vias, já garantido pelo governo do Estado, vai “mudar a cara” de Tracuateua, colaborando para aumentar a autoestima dos moradores. O programa estadual Asfalto na Cidade está sendo levado inclusive à Vila Fátima, localidade na área de expansão do município. O governador aproveitou calor do encontro com os moradores de Tracuateua para anunciar a instalação de uma cobertura na quadra de esportes da cidade, uma antiga reivindicação local.

Realização – Depois da entrega do Cheque Moradia e da assinatura dos convênios, o governador fez um discurso emocionado, lembrando a alegria que deve ter todo servidor público quando sabe que serve de ferramenta nas mãos da população para a concretização de sonhos e a construção de obras fundamentais ao bem-estar das pessoas.

“Vi a emoção no rosto de quem recebe o Cheque Moradia. Isso me lembrou a primeira vez em que falamos sobre a possibilidade de criar esse programa. Muitos disseram que não tinha chance de dar certo”, recordou Jatene. “Mas estamos aqui hoje, entregando mais 43 benefícios. Em todos esses dez anos já são mais de 40 mil famílias contempladas”, acrescentou. “É a sociedade, através do imposto que paga, dando uma ajuda para quem mais precisa. Assim é que a gente constrói um país melhor, olhando para os outros”.

“Quando entregamos um Cheque Moradia, uma obra, um convênio, nós o fazemos sem olhar se o beneficiado é de partido A, B ou C. Não nos preocupamos em saber a religião ou a cor desses cidadãos. A única pergunta é se precisa ou não precisa”, argumentou Jatene. “Minha expectativa é que a gente avance cada vez mais com esse programa, que não é de governo nem do governador. Chegará um dia em que ninguém vai precisar de Cheque Moradia para ter uma casa e uma vida dignas”, completou.



 Paulo Silber (Agência Pará)

 Antonio Silva (Agência Pará)

No município de Ourém(nordeste paraense), na última sexta-feira, 16,  o governador Simão Jatene, acompanhado do vice-governador Helenilson Pontes, e do diretor técnico da Cohab, Paulo Lins, entregou 48 cheques para os moradores da cidade, somando um investimento de R$ 678,9 mil. Além do programa habitacional, gerenciado pela Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Jatene também assinou convênios para a recuperação da rodovia PA-251, que prevêm a construção de uma piscina no centro de apoio aos idosos do município e a reforma das escola Irmã Sancha Augusta e Padre Antônio Vieira.
Em seu pronunciamento, o governador disse que todos os investimentos feitos no município só são possíveis graças ao apoio da população. “Ao longo de uma década, o Cheque Moradia já beneficiou 40 mil famílias. Isso significa que pelo menos 200 mil pessoas já receberam recursos. Isso só foi e é possível graças à contribuição de cada de um de vocês, homens e mulheres de bem que pagam seus impostos e ajudam a construir esse Estado. O governo é apenas a ferramenta e o meio nesse processo, mas quem de fato transforma a sociedade é a própria sociedade”, ressaltou Simão Jatene.

Moradora da comunidade rural de São José, a funcionária pública Antônia Marciana, 49 anos, foi uma das beneficiadas pelo programa. Ela disse que agora planeja um futuro muito mais feliz em um novo lar. “Construir a minha própria casa era um sonho antigo que eu tinha. Agora, com esse benefício, tudo vai mudar. O que era apenas um projeto meu vai se tornar uma realidade e vai transformar a vida da minha família”, afirmou.

Com dez anos de existência, o Cheque Moradia é hoje uma das cinco ações prioritárias da política habitacional desenvolvida pelo governo do Estado, por meio da Cohab. Ao longo desse tempo, o programa que vem se intensificando nos municípios do interior do Estado, tornando-se um importante instrumento de combate ao déficit e inadequação habitacional, assegurando às famílias paraenses a possibilidade de construir, reformar ou ampliar sua habitação, por meio de transferência de renda.



 Adna Figueira (Agência Pará)

 Antonio Silva (Agência Pará)

O vice-governador Helenilson Pontes entregou mais de R$ 1 milhão em Cheque Moradia nas cidades de Floresta do Araguaia e Rio Maria, no sudeste do Estado, nesta quinta-feira (8). Foram beneficiadas mais de 100 famílias e cerca de 500 pessoas nos dois municípios. O programa, criado há dez anos, já beneficiou mais de 250 mil pessoas, com 40 mil cheques entregues. Para Helenilson, esta é maior ferramenta de combate à pobreza e desigualdade de um governo comprometido com os mais necessitados.

Em Floresta do Araguaia, Helenilson Pontes entregou cheques para 51 famílias, em um investimento de R$ 717,2 mil. Entre os beneficiados estão o lavrador Sebastião Pereira Alves, 57 anos, casado e com três filhos. O recurso será usado na construção de uma casa própria, já que hoje ele mora de favor. “Depois que perdi minha casa, adoeci e tive que ser operado, só faltava um lugar para morar”, disse.

Também em Floresta do Araguaia, a cadeirante Domingas Soares de Souza, 63 anos, há três anos teve um problema na coluna e perdeu o movimento nas pernas. O marido, o lavrador Antônio Barbosa de Souza, 63 anos, acompanha todo o sofrimento da esposa. “Uma mulher forte e batalhadora”, descreve. Ele diz que, em três anos, para a esposa se movimentar é um sacrifício, já que a casa deles não é adaptada para uma pessoa em cadeira de rodas. “É isso que vamos fazer, uma casa confortável onde ela possa se movimentar com liberdade”, afirmou.

O vice-governador disse que a história de Domingas de Souza é o que dá força para que ele percorra todos os municípios do Estado concedendo o benefício para aqueles que mais necessitam da ajuda do poder público. “A política só se justifica se for para combater a pobreza e a desigualdade, e é isso que o governo do Estado quis quando criou este grande programa. É esta a nossa forma de fazer política: trabalhar para quem mais precisa”, comentou.

Em Rio Maria – município de 17 mil habitantes, que tem na pecuária, na mineração e no comércio sua base econômica –, foram entregues 50 Cheques Moradia, em um investimento de R$ 625 mil. A dona de casa Rosana Suely Balbinotti, 52 anos, casada e com seis filhos, foi uma das beneficiadas. Ela contou que vive em dificuldades financeiras e recorre ao serviço social do município e à ajuda de amigos para sobreviver. “Meu sonho é fazer uma casa para minha família, bonita, com quatro quartos para podermos viver melhor”, comentou.

O diretor da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), Walber Milhomem, informou que a Cohab tem como meta atender todos os municípios do Estado. No sul e sudeste do Pará, 39 municípios já aderiram ao programa, e novos municípios já estão sendo conveniados. “Este não é apenas um programa, é uma política pública estabelecida pelo governo para atender todos os municípios onde houver necessidade com pessoas carentes, em situação de risco e portadores de necessidades especiais”, asseverou. Mais informações sobre o Cheque Moradia estão disponíveis no site da Cohab: www.cohab.pa.gov.br.

Obras –Helenilson Pontes também visitou, nesta quinta-feira (8), as obras de pavimentação de 44 quilômetros da Rodovia PA-449, a vicinal do Bambu, no trecho entre Floresta do Araguaia e a BR-155, e as obras de construção da escola de ensino médio com doze salas, ginásio poliesportivo e laboratório de informática, localizada no bairro Vila Nova, um dos mais populosos da cidade. O vice-governador disse que o governo do Estado está inaugurando diversas obras nas regiões sul e sudeste do Estado.

A PA-449 é uma importante via para a integração da região do Araguaia, com uma intensa economia de pecuária de corte, mineração e comércio. Nesta obra estão sendo investidos R$ 33,8 milhões. Após a conclusão, a vicinal do Bambu permitirá o escoamento da produção agrícola dos municípios da região, como Floresta do Araguaia, maior produtor de abacaxi do Estado, além de beneficiar diretamente moradores de Conceição do Araguaia, Redenção e demais municípios do sul do Estado.

A nova pista terá sete metros de largura e revestimento em concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), com três centímetros de espessura. O acostamento será revestido em capa selante, e a sinalização horizontal e vertical terá tachas refletivas. A vicinal contará ainda com pórticos e sistema de drenagem.

Em Floresta do Araguaia, Helenilson Pontes também visitou construção da unidade escolar que vai beneficiar cerca de três mil alunos em três bairros: Vila Nova, Centro e Telepará, com uma população de cerca de cinco mil pessoas. Esta é segunda escola estadual do município, e fica localizada na margem do lago municipal, onde a prefeitura irá construir um complexo esportivo, que fará parte das atividades da escola. Nesta obra, o governo do Estado investe cerca de R$ 4 milhões, junto com o governo federal.

 

 

 

 Márcio Flexa (Vice Governadoria)
 Fernando Nobre (Vice Governadoria)

O vice-governador Helenilson Pontes entregou R$ 652 mil em Cheques Moradia para 46 famílias no município de Água Azul do Norte, no sudeste do Pará. Em 10 anos de existência do programa habitacional, o Governo do Estado, por intermédio da Companhia de Habitação do Pará (Cohab), já beneficiou cerca de 40 mil famílias, garantindo melhores condições de moradia a mais de 250 mil pessoas em mais de 100 municípios, num investimento superior a R$ 223 milhões.

Entre estas pessoas está o vigilante André Luis Oliveira Santos, 29 anos, casado e com dois filhos, e a diarista Claudiane Honorato da Costa, 24 anos, casada e também com dois filhos. Ambos são moradores de Água Azul do Norte, município com população estimada em 25.506 habitantes.

André Luis comenta que mora de aluguel e enfrenta dificuldades para sustentar a família, pois quase todo o dinheiro que recebe vai para a moradia. Como milhares de brasileiros, ele sonha com o dia em que terá a casa própria. “Sair do aluguel e investir o dinheiro que pago todos os meses na minha família é o que vou fazer assim que construir minha casa. Este é um sonho que começa a se realizar a partir de agora”, explicou.

Já a diarista Claudiane mora em uma casa de madeira e sobrevive com uma renda inferior a um salário mínimo, reforçada pela do companheiro, que é lavrador. Ela diz que não tem condições de construir uma casa melhor e dar o conforto que deseja aos filhos, mas agora, com o benefício do programa habitacional, estes dias estão contados. “Sempre sonhei em ter uma casa com dois quartos e banheiro dentro de casa. O que ganho mal dá para viver, mas com a ajuda de Deus e, agora, do Cheque Moradia as coisas vão melhorar”, declarou.

Helenilson Pontes, o principal condão do programa Cheque Moradia é justamente o caráter social, que possibilita assistir as pessoas que mais necessitam. "Esse é um dos principais instrumentos de combate à pobreza e a desigualdade no Estado. Nosso compromisso é com a população paraense de todas as regiões do estado, sem distinção”, ressaltou.

O diretor da Cohab,  Walber Milhomem, destacou os investimentos feitos pela Companhia e ressaltou o o aspecto unilateral do benefício. “Esse é um programa de transferência de renda onde as pessoas são beneficiadas naquilo que já lhes pertence, nos casos de reforma e adaptação, ou pertencerá, em se tratando de construção, ou seja, elas não têm que mudar para outro lugar e tampouco devolver o valor repassado”, explicou.

Milhomem também destaca que o Programa foi transformado em Lei pelo Governo, consistindo em uma política social voltada exclusivamente às pessoas de baixa renda, vítimas de sinistro e portadores de necessidades especiais.

Obras estruturantes – O vice-governador Helenilson Pontes aproveitou a viagem ao sudeste do Pará para visitar obras que estão sendo executadas pelo Governo do Estado nos municípios de Xinguara e Água Azul do Norte. No primeiro, Helenilson visitou as obras de pavimentação de 10 quilômetros de vias nas avenidas Seis, Oito e Dez do bairro de Itamarati. “Este é um sonho antigo dos moradores daqui que está sendo realizado”, lembrou a dona de casa Dalva Oliveira, 58 anos, que acompanhou a visita.

Helenilson também visitou as obras de construção de uma escola de 12 salas em Água Azul do Norte, que vai beneficiar mais de cinco mil alunos, e resulta de um investimento de mais de R$ 3 milhões em recursos dos governos Federal e do Estado. O vice-governador também anunciou a captação de mais R$ 5 milhões para a pavimentação das vias que dão acesso à escola. O estabelecimento de ensino contará com estrutura moderna de laboratórios, salas de informática e ginásio poliesportivo.

“São obras estruturantes de uma gestão que recebeu as contas do Estado no vermelho e logo no primeiro ano passou a ter superávit, abrindo as portas das instituições financeiras e conquistando a credibilidade para captar recursos e investir no combate às desigualdades de que é vítima grande parte da população paraense”, finalizou Helenilson Pontes.


 Márcio Flexa (Vice Governadoria)
 Fernando Nobre (Vice Governadoria)

Pagina 1 de 10
/*